Notícias

Airbus Helicopters apresenta soluções inovadoras para operações de transporte aeromédico

Configuração aeromédica do EC145 T2 é revelada no AIRMED World Congress

Principal fabricante de helicópteros para o segmento de transporte aeromédico – com 60% de liderança no mercado – a Airbus Helicopters apresentou o seu novo modelo, o EC145 T2, na configuração EMS (Emergency Medical Services), que no Brasil é chamada de aeromédico.

Um mock-up do biturbina foi exposto no AIRMED World Congress, que ocorreu em Roma, na Itália, entre 3 e 5 de junho, com a nova configuração aeromédica e equipamentos de resgate em montanha. O modelo foi desenvolvido em parceria com a Mecaer Aviation Group, fornecedora de equipamentos.

O estande contou também com um modelo em escala do EC135, aeronave muito procurada por operadores EMS, tanto para missões de resgate quanto para transporte inter-hospitalar. Aproximadamente 25% de todas as operações aeromédicas no mundo inteiro são realizadas com este modelo de helicóptero.

“Com mais de 40 anos de experiência em serviços aeromédicos, oferecemos a mais vasta gama de helicópteros para esse tipo de operação”, explica Ralph Setz, diretor de Marketing Sênior para EMS e Serviços Públicos da Airbus Helicopters. “Mais de 300 clientes pelo mundo – que, juntos, operam uma frota de 1.200 aeronaves da marca – confiam em nossos produtos e serviços para suas operações rotineiras. Por isso, mantemos o compromisso constante de desenvolver inovações que melhor apoiem esse tipo de missão crítica”, completa Setz.

O EC145 T2 é o novo biturbina da Airbus Helicopters, na categoria de 4 toneladas, que se tornou um dos mais bem sucedidos modelos para o segmento aeromédico. Certificado em abril de 2014, as entregas terão início neste ano e serão destinadas a quatro grandes operadores aeromédicos europeus. As melhorias aplicadas a essa aeronave são os motores Turbomeca Arriel 2E e o Fenestron®, juntamente com a evolução das caixas de transmissão dos rotores principal e de cauda. O seu cockpit traz a inovação Helionix® da Airbus Helicopters, um sistema digital de aviônicos com piloto automático de quatro eixos.

Inovação também para o EC135

Um novo conceito desenvolvido pela fabricante para o EC135, seu modelo para a categoria de 2,9 toneladas, é o piso multifuncional feito sob medida para os clientes do setor aeromédico, e também aplicável para os operadores governamentais. A solução elimina a necessidade de se ter um piso padrão e outro específico para missões aeromédicas, reduzindo peso, enquanto oferece um piso adequado a esse tipo de operação.

O novo piso foi projetado para ambientes agressivos e missões mais exigentes, proporcionando excelente relação peso-desempenho, robustez e impermeabilidade. A inovação será certificada este ano e poderá ser utilizada nas diferentes versões do EC135, além de se tornar uma opção para modernização.

O biturbina EC135 combina uma ampla e desobstruída cabine com um excelente desempenho, alcance e capacidade de carga útil, além de um baixo nível de ruído. Sua porta lateral deslizante e suas amplas portas traseiras permitem uma rápida remoção de pacientes – com a segurança adicional do rotor traseiro Fenestron®. O EC135 T3/P3 é a mais recente versão do modelo, e deve ser entregue ainda este ano. Entre as melhorias, estão o aumento do desempenho de voo em condições de alta temperatura e elevada altitude (hot&high) e em situações com um motor inoperante (One Engine Inoperative – OEI).

Tanto o EC145 T2 quanto o EC135 cumprem a rigorosa norma médica europeia, a EN13718, para requisitos operacionais e técnicos usados em ambulâncias aéreas, bem como para interfaces e compatibilidade de equipamentos médicos utilizados em operações EMS.

Consulta ANAC

Habilitação
Aeronavegabilidade
×

Pergunta

×

Depoimento

×