Notícias

EFAI APRESENTA ADAC HEMS ACADEMY A OPERADORES DE EC135 E EC145

A EFAI recebeu, entre os dias 14 e 19 de abril, o Diretor de Desenvolvimento de Negócios da ADAC HEMS Academy – AHA, Mr. Thomas Gassmann em visita ao Brasil. Neste período foram realizadas diversas reuniões para apresentação daquele Centro de Treinamento.

A AHA (http://www.hems-academy.de/?getlang=en), representada no Brasil pela EFAI, é um centro de treinamento localizado em Sankt Augustin – Alemanha, que opera simuladores de voo (FFS) das aeronaves EC135 e EC145 (único no mundo). Além do treinamento para os pilotos, este centro prove treinamento específico para cada um dos demais membros de uma tripulação aeromédica (pilotos, médicos e paramédicos). Além dos profissionais da área de EMS, outros operadores de EC135 e EC145 de diversos países ao redor do mundo, buscam na AHA o treinamento para seus pilotos. O Centro conta com dois FFS Nível A das aeronaves EC135 e EC145, ambos certificados pela EASA e validados pela ANAC (hoje em processo de revalidação da certificação). Conta, ainda, com dois mockups em tamanho real dessas mesmas aeronaves equipados com simulator médico Christoph Sim®, para treinamento dos médicos e paramédicos, uma sala de treinamento de emergência médica, sala de aula com apoio de CBT, além da infraestrutura normal de um Centro de Treinamento, como salas briefing e um auditório.

A agenda foi aberta no dia 15Abr em uma Reunião com representantes da Superintendência de Padrões Operacionais da ANAC – SPO onde foi feita a apresentação do Centro de Treinamento, dos simuladores que este dispõe e do acordo existente entre a AHA e a EFAI. Ao final, foram delineadas as tarefas a serem executadas visando obter a autorização da Agência para que a EFAI, além do treinamento que já ministra, venha a realizar também os exames de proficiência para habilitação de tipo (inicial e revalidação) nos modelos EC135 e EC145 com a utilização simuladores da AHA.

Ainda no dia 15, a EFAI reuniu na LAAD Defense & Security 2015 – Feira Internacional de Defesa e Segurança, mais precisamente no estande da AIAB – Associação das Indústrias Aeroespaciais do Brasil, representantes de órgãos de aviação de segurança pública e taxi aéreo operadores de EC135 e EC145. Nessa reunião foi apresentada a AHA e as diferentes possibilidades de treinamento desenvolvidas por aquele Centro, especialmente aquelas voltadas à aviação de Segurança Pública, como por exemplo o treinamento de resgate aeromédico com pousos em locais de acidentes onde, além da operação da aeronave, o piloto é levado a aprimorar seu processo de decisão na definição da melhor área para pouso, escolha do melhor eixo de aproximação, etc. simulando, inclusive, a interação entre aeronave e ambulância em atendimento no local.

Nesta reunião estiveram presentes, dentre outros, representantes da Receita Federal (operador de EC135), do GAM – Grupamento Aeromóvel da PM do Rio de Janeiro (operador de EC145) eda SAOA – Subsecretaria Adjunta de Operações Aéreas do Governo do Rio de Janeiro (operador de EC135).

No dia 16, em visita ao GRAer-BA (Grupamento Aéreo da PM da Bahia) o Centro de Treinamento foi apresentado à Oficiais e graduados daquela unidade aérea que opera o EC145. Além desta, foi realizada uma segunda apresentação para Oficiais da Casa Militar do Governo da Bahia, que opera o EC135.

Fechando a semana de trabalho, o dia 17 foi dedicado ao GRPAe-SP – Grupamento de Radiopatrulha Aérea da PM de São Paulo – Grupamento João Negrão. Nesta apresentação estiveram presentes tanto pilotos quanto médicos que compõem a tripulação dos Águias quando em missão de resgate temente aeromédico. O GRPAe é responsável pela operação do EC135 do Governo do Estado de São Paulo e, seguindo a tendência de outros órgãos de Segurança Pública, deve buscar em breve um helicóptero multimotor para suporte às suas operações.Neste contexto, acredita-se que o EC145 seja um forte concorrente.

A escassez de tempo limitou as visitas, mas a EFAI ficou com a incumbência de promover encontros e levar aos operadores que não puderam comparecer à LAAD todo o conhecimento acerca do Centro de Treinamento da AHA.

Um diferencial significativo do treinamento oferecido é o fato de poder ser customizado de acordo com as necessidades do cliente, sendo ministrado em português por instrutores da EFAI. Assim, o foco pode variar do treinamento de procedimentos normais e de emergência à missões específicas de resgate aeromédico ou operação offshore, passando, também, pelo treinamento de voo por instrumentos. O fato é que, independentemente do treinamento realizado, o cliente contará sempre com o elevado padrão de instrução que caracteriza a EFAI.

Consulta ANAC

Habilitação
Aeronavegabilidade
×

Pergunta

×

Depoimento

×